Dólar oscila pouco à espera de pronunciamento de Yellen

O dólar oscilou pouco contra as principais moedas internacionais um dia antes do primeiro pronunciamento de Janet Yellen como presidente do Federal Reserve (Fed, o banco central dos Estados Unidos). Yellen irá apresentar o Relatório Semestral de Política Monetária ao Comitê de Serviços Financeiros da Câmara dos Representantes, às 13h (de Brasília) na terça-feira, 11.

Agencia Estado

10 de fevereiro de 2014 | 20h40

Em meio a uma recente leva de indicadores econômicos negativos, observadores do mercado não esperam que Yellen ajuste o ritmo pelo qual o Fed cortará as compras de ativos de renda fixa. Richard Franulovich, estrategista sênior de câmbio no Westpac Bank, disse que os investidores querem que a nova presidente do Fed entregue uma mensagem de continuidade da política monetária norte-americana e em particular sobre o programa de compra de ativos.

Os investidores também deverão receber a confirmação de que os recentes dados econômicos não são suficientes para distanciar o Fed da diminuição do programa de compra de ativos. O mercado cambial tem classificado as reduções de compras de ativos do banco central como positivas para o valor do dólar frente a outras moedas.

No fechamento em Nova York, o euro estava cotado a US$ 1,3643, de US$ 1,3640 no fim da tarde de sexta-feira em Nova York; o iene estava cotado a 102,20 por dólar, de 102,38 por dólar. Frente à moeda japonesa, o euro estava cotado a 139,44 ienes, de 139,62 ienes no fim da tarde de sexta-feira. O franco suíço estava cotado a 0,8967 por dólar, de 0,8980 por dólar, e a 1,2236 por euro, de 1,2239 por euro. A libra estava cotada a US$ 1,6400, de US$ 1,6412. O dólar australiano estava cotado a US$ 0,8264, de US$ 0,8956 no fim da tarde de sexta-feira. Fonte: Dow Jones Newswires.

Tudo o que sabemos sobre:
moedas

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.