Dólar passa a subir, mas Bovespa mantém alta

Por causa do feriado de amanhã nos EUA - que celebra o Dia da Independência -, as Bolsas de Nova York encerraram o pregão mais cedo hoje, afetando o mercado brasileiro, que está tendo um dia morno, marcado por poucos negócios. Na Bolsa de Valores de São Paulo, o giro financeiro estava em R$ 1,16 bilhão às 15h19, projetando para o fechamento um volume de R$ 1,52 bilhão. Mas o movimento de alta, estabelecido na parte da manhã, se mantém: às 15h19, o Ibovespa, principal índice da Bolsa paulista, atingia a máxima pontuação do dia até então, de 37.215 pontos, com elevação de 1,60% No mercado de câmbio, o dólar inverteu o sinal que registrava desde a abertura dos negócios e é cotado esta tarde com valorização sobre o fechamento de ontem. Às 15h22, o dólar comercial registrava a máxima cotação do dia até então, valendo R$ 2,169 (+0,18%), no mercado interbancário. A moeda negociada à vista no pregão viva-voz da Bolsa de Mercadorias & Futuros (BM&F) também operava na máxima, R$ 2,175 (+0,42%).

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.