Dólar perde força e termina em leve queda, negociado a R$ 3,18

Moeda norte-americana ainda acumula valorização de 11,62% em março e de 20,08% em 2015

Ana Luísa Westphalen , Estadão Conteúdo

26 de março de 2015 | 17h29

SÃO PAULO - Após sustentar leves ganhos durante boa parte da tarde, o dólar à vista perdeu força na reta final e terminou em baixa de 0,28% ante o real, negociado a R$ 3,1880, no balcão. 

Na máxima da sessão, marcou R$ 3,2220 (+0,78%), enquanto na mínima, ficou em R$ 3,1720 (-0,78%). No mês de março, a divisa acumula valorização de 11,62% e, em 2015, sobe 20,08%. 

Na BM&FBovespa, a moeda para abril exibia desvalorização de 0,45%, cotada a R$ 3,1930, por volta das 16h35. O volume no mercado à vista era robusto, de aproximadamente de US$ 2,014 bilhões perto das 16h40.

A baixa do dólar no Brasil ocorre na contramão do exterior, onde a moeda norte-americana sobe ante a maioria das demais divisas. Segundo operadores, apesar da falta de uma trajetória consistente, a tendência para a moeda norte-americana ante o real continua sendo de valorização, em meio às incertezas políticas e seus reflexos no campo econômico. 

Outro profissional ouvido pelo Broadcast, serviço em tempo real da Agência Estado, lembrou que, neste horário, o volume de negócios já é menor, o que intensifica o efeito de algumas operações nos preços. 

Além disso, ele defendeu que as cotações estão altas - ainda mais após a disparada do dólar nesta quarta-feira -, o que deixa espaço para leves perdas hoje.

Tudo o que sabemos sobre:
dólar

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.