Dólar recua com expectativas de fluxo positivo

O mercado de câmbio opera com fluxo reduzido na volta do carnaval, mas com queda firme nas cotações do dólar. No início da tarde, antes dos primeiros negócios, havia expectativa de que a moeda norte-americana encontrasse fôlego para subir, embalada pelo comportamento externo ruim. O movimento de arbitragem entre dólar e real e as expectativas firmes de fluxo positivo para o Brasil, no entanto, falaram mais alto e abafaram a inquietação provocada pelos dados de inflação alta nos EUA. Conforme divulgou o Escritório de Estatísticas do Departamento do Trabalho, o índice de preços ao consumidor norte-americano subiu 0,2% em janeiro, acima do aumento de 0,1% esperado pelos analistas para o índice cheio. O núcleo, que exclui os preços de energia e alimentos, subiu 0,3%, superando a previsão de alta de 0,2%. Apesar do fraco movimento, o Banco Central realizou hoje seu habitual leilão de compra de dólares. A taxa de corte definida pela autoridade monetária ficou em R$ 2,0812, superior à cotação do mercado no momento da intervenção, de R$ 2,0805.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.