Dólar recua com preocupações fiscais nos EUA

O dólar caiu ante as principais moedas nesta sexta-feira, 27, à medida que cresceu o nervosismo com as negociações fiscais no Congresso dos Estados Unidos.

Agencia Estado

27 de setembro de 2013 | 18h49

O projeto que financia o governo até 15 de novembro foi aprovado pelo Senado e devolvido à Câmara com a adição de recursos para a reforma da saúde, conhecida como Obamacare. Os recursos haviam sido excluídos pela Câmara na semana passada e os republicanos da Casa já afirmaram que não vão aprovar o projeto modificado pelo Senado.

Os parlamentares precisam chegar a um acordo até a noite de segunda-feira, 30, para evitar uma paralisação do governo. Além disso, o Congresso precisará elevar o teto da dívida antes de meados de outubro, quando o Tesouro afirma que o país atingirá o teto.

"Um momento mais positivo para o dólar terá que esperar até que Washington resolva seus problemas fiscais", disse Jane Foley, estrategista do Rabobank.

O euro subiu frente ao dólar também com a ajuda de dados melhores da zona do euro. Segundo a Comissão Europeia, o índice de sentimento econômico do bloco, que agrega leituras de confiança de consumidores e empresas, subiu de 95,3 em agosto para 96,9 em setembro, o nível mais alto desde agosto de 2011.

Enquanto isso, a libra subiu fortemente após o presidente do Banco da Inglaterra (BoE), Mark Carney, dizer que, com os dados econômicos melhores do país, não vê motivos para compras de bônus adicionais pelo banco central.

No fim da tarde em Nova York, o dólar caía para 98,27 ienes,de 99,02 ienes no fim da tarde da véspera. O euro subia para US$ 1,3522, de US$ 1,3489, mas recuava para 132,88 ienes, de 133,51 ienes. A libra subia para US$ 1,6160, de US$ 1,6042. O índice do dólar medido pelo Wall Street Journal estava em 72,732, em comparação com 72,977 na quinta-feira. Fonte: Dow Jones Newswires.

Mais conteúdo sobre:
moedas

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.