Dólar recua para R$ 2,236 e Bovespa supera 2% de alta

O dólar comercial era negociado a R$ 2,236 por volta das 14h50, na taxa mínima do dia registrada até este horário. Em relação ao fechamento de ontem, a taxa de câmbio apresenta queda de 0,45%. No pregão viva-voz da Bolsa de Mercadorias & Futuros (BM&F), o dólar à vista troca de mãos a R$ 2,235, em baixa de 0,45%, também na taxa mínima. O mercado de câmbio encontra espaço para a valorização do real diante do desempenho firme das bolsas de valores, que exibem forte alta tanto em São Paulo como em Nova York. Os juros futuros na BM&F também acompanham o recuo mais forte do dólar. O contrato futuro de DI (depósito interfinanceiro) de janeiro de 2008 projetava taxa mais baixa de 15,50%, ante 15,64% ontem. Em Nova York, as bolsas sobem fortemente hoje aproveitando a ausência de indicadores econômicos e os balanços favoráveis apresentados por Morgan Stanley, FedEx e também no setor de Tecnologia. No horário acima, o índice S&P 500 subia 1,23%; o Nasdaq, +1,88%; e o Dow Jones, +1,20%. Na Bolsa de Valores de São Paulo, o índice Ibovespa à vista ganhava 2,37%, para 34.430 pontos. A máxima foi de +2,60% até este horário. O volume financeiro é de R$ 1,6 bilhão, projetando giro de R$ 2,3 bilhões até o final do pregão, às 17h.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.