Dólar renova mínima em 15 anos frente ao iene após fala de Obama sobre terror

Presidente dos EUA confirmou possível complô do terrorismo contra alvos norte-americanos

Regina Cardeal, da Agência Estado,

29 de outubro de 2010 | 19h48

O dólar renovou sua mínima em 15 anos em relação ao iene, em meio à expectativa de uma nova rodada de compras de ativos pelo Fed, enquanto os investidores também se posicionavam com mais cautela por causa de um possível complô terrorista contra os EUA.

 

O dólar caiu abaixo de 80,41 ienes - a mínima em 15 anos atingida na segunda-feira -, e recuou a 80,39 ienes, seu nível mais baixo desde 1995, enquanto os investidores reduziam suas posições na moeda norte-americana antes da reunião do Fed na próxima semana, que poderá terminar com uma decisão do banco central de injetar mais dólares na economia.

 

A confirmação, há pouco, pelo presidente Barack Obama de um possível complô do terrorismo contra alvos dos EUA também pode ter levado os investidores a reforçarem sua busca pelo iene, visto como um porto seguro, disse Brian Kim, estrategista de câmbio do UBS em Stamford, Connecticut.

 

"Pode-se talvez dizer que deu mais um empurrãozinho", disse Kim sobre o pronunciamento de Obama e a queda do dólar à nova mínima em 15 anos em relação ao iene. "Não acho que tenha sido um grande driver, mas qualquer alerta terrorista aumenta a aversão ao risco", explicou.

 

O índice ICE Dollar, que mede a divisa norte-americana ante uma cesta de moedas, também caiu à mínima intraday há pouco, embora seu declínio tenha sido modesto, perdendo cerca de 0,3% no dia.

 

No fim da tarde em Nova York, o euro subia a US$ 1,3947, de US$ 1,3940 na tarde de quinta-feira. O dólar era negociado em queda a 80,40 ienes, de 81,02 ienes, enquanto o euro estava em 111,99 ienes, de 112,86 ienes. A libra do Reino Unido valia US$ 1,6039, de US$ 1,5936. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
dólarieneeuroObama

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.