Dólar renova mínimas após corte da TJLP

A despeito da piora há pouco do juro dos títulos do Tesouro norte-americano (Treasuries) com prazo de 10 anos para 4,8663% ante 4,851% ontem, o dólar renovou as mínimas, esta tarde: em queda de 1,05% a R$ 2,165 no pregão viva-voz da BM&F e de -0,96% a R$ 2,167 o dólar comercial. Segundo operadores, a não-realização do leilão de compra pelo Banco Central (BC) levou algumas tesourarias a ofertar moeda. A queda de 0,85 ponto para 8,15% da Taxa de Juros de Longo Prazo (TJLP), dentro do esperado, foi bem recebida nas mesas de câmbio, afirmaram. "O mercado deseja uma ptax (cotação média do dólar) fraca hoje, por isso, está relevando a pressão sobre os juros dos Treasuries", afirmou um investidor. Já o índice da Bovespa (Ibovespa) cai 0,45% para 37.608 pontos, na mínima do dia.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.