Dólar sobe a R$ 2,10 e Bovespa perde quase 3%

Os mercados financeiros apresentam piora no desempenho esta tarde. O dólar ampliou a valorização ante o real, atingindo cotação superior a R$ 2,10. Na Bolsa de Valores de São Paulo, a queda do Ibovespa, principal índice, foi além de 2,50%. A piora é reflexo do mau humor externo: em Nova York, os principais índices das Bolsas operam perto das mínimas dos dias, em baixa de mais de 1,50%. Por volta das 15h20, o dólar comercial, negociado no mercado interbancário, valia R$ 2,101, em alta de 0,62%. No pregão viva-voz da Bolsa de Mercadorias & Futuros, o dólar negociado à vista estava a R$ 2,102, com elevação de 0,74%. O Ibovespa cedia 2,79%, para 43.015 pontos, após já ter atingido a mínima de -2,97%. Apenas duas ações do índice operavam em alta (Perdigão ON e Sadia PN). O Dow Jones, da Bolsa de Nova York, caía 1,60% e o Nasdaq, da Bolsa eletrônica, perdia 1,78%.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.