Dólar sobe a R$ 2,157, com IPC-S

O dólar comercial encerrou a segunda-feira cotado a R$ 2,157, em alta de 0,33%. A moeda norte-americana oscilou entre a mínima de R$ 2,147 e a máxima de R$ 2,158. No pregão viva-voz da Bolsa de Mercadorias & Futuros (BM&F), o dólar negociado à vista também fechou cotado a R$ 2,15 (+0,33%). A semana encurtada pela sexta-feira Santa começou com muita oscilação no mercado de câmbio brasileiro. A moeda abriu em alta, ainda refletindo o desempenho da última sexta-feira. Depois disso, o que se viu foi muita variação, ora para terreno positivo, ora para negativo. Por vários momentos, o dólar trabalhou descolado de Nova York, onde os juros dos títulos do Tesouro norte-americano (Treasuries) de dez anos trabalharam grande parte do dia em queda. A favor da alta do dólar pesam a elevação do petróleo no mercado externo e a aceleração da moeda em relação ao iene. Internamente, também não favorece o ambiente de negócios: o resultado do IPC-S até 7 de abril, que teve variação de 0,30%, superior às estimativas dos analistas (0,14% a 0,23%).

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.