Dólar sobe com menor expectativa sobre compra de bônus pelo Fed

Às 11h20 (de Brasília), o dólar subia para 81,55 ienes, de 81,47 ienes no fim da tarde de ontem, enquanto o euro caía para US$ 1,3824, de US$ 1,3855 ontem 

Danielle Chaves, da Agência Estado,

27 de outubro de 2010 | 11h40

O dólar opera em alta nesta manhã, impulsionado por uma reportagem do Wall Street Journal que reduziu as expectativas do mercado com relação a um grande programa de afrouxamento quantitativo do Federal Reserve (Fed, banco central americano) para estimular a economia dos EUA. Depois de venderem dólares em meio à visão geral de que o Fed poderia anunciar um programa forte que inundaria o mercado com a moeda, provocando queda no seu valor, os investidores voltaram às compras em seguida à reportagem. Segundo o WSJ, o Fed provavelmente vai comprar apenas algumas centenas de bilhões de dólares em Treasuries (títulos do Tesouro americano), menos do que o valor de mais de US$ 1 trilhão esperado por alguns.

 

Embora esteja subindo diante de várias moedas, a alta do dólar pode não ganhar muita força. "A tentação de vender dólar em um rali vai continuar forte enquanto as incertezas permanecerem" com relação ao tamanho e ao escopo do programa do Fed, afirmou Daragh Maher, vice-diretor para estratégia de câmbio global do Credit Agricole CIB, em Londres.

 

Números melhores do que o esperado sobre encomendas de bens duráveis nos EUA fizeram pouco para ajudar o dólar a ampliar os ganhos, já que "ninguém está realmente assumindo qualquer grande posição agora", antes do resultado da reunião do Fed marcada para 2 e 3 de novembro, como observou Richard Ilczyszyn, estrategista sênior da Lind-Waldock, em Chicago.

 

O dólar também avançou fortemente diante do dólar australiano, que foi pressionado por dados mais fracos do que o esperado sobre a inflação doméstica. Uma taxa de inflação mais baixa reduz a expectativa de que o Banco da Reserva da Austrália eleve suas taxas de juros na próxima reunião. O dólar australiano teve queda de quase 1,5% diante do dólar nesta

manhã.

 

Às 11h20 (de Brasília), o dólar subia para 81,55 ienes, de 81,47 ienes no fim da tarde de ontem, enquanto o euro caía para US$ 1,3824, de US$ 1,3855 ontem. A libra recuava para US$ 1,5826, de US$ 1,5835 ontem, e o dólar avançava para 0,9872 franco suíço, de 0,9848 franco. O índice do dólar estava em 77,920, de 77,675. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
dólareuroiene

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.