Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90
Free Images
Free Images

Dólar sobe e encosta em R$ 3,20 após fim de programa cambial

Cenário político também trouxe preocupação aos investidores e fez a moeda norte-americana avançar 2,30%

Ana Luísa Westphalen, O Estado de S. Paulo

25 de março de 2015 | 09h45


Texto atualizado às 14h50

Em alta durante toda a tarde, o dólar à vista no balcão renovou máximas da reta final dos negócios e fechou esta quarta-feira cotado a R$ 3,1970, com valorização de 2,30%. Com o fechamento de hoje, a moeda norte-americana interrompeu uma sequência de três dias de perdas. No mês de março, a divisa acumula valorização de 11,94% e, em 2015, sobe 20,41%. 

Segundo operadores ouvidos pelo Broadcast, o viés positivo da moeda norte-americana está relacionado principalmente às preocupações em torno do cenário político, além do fim do programa de leilões diários de swap (equivalentes à venda de dólares no mercado futuro) do Banco Central a partir de abril, o que já havia sido em parte precificado. "O mercado avaliou hoje que não tem muito espaço para cair. Então, está comprador mesmo, principalmente por conta dos problemas políticos enfrentados pelo governo", disse um operador. 

Em Brasília, a turbulenta relação entre Planalto e Congresso continua ameaçando a implantação efetiva do plano de ajuste fiscal proposto pelo ministro da Fazenda, Joaquim Levy. Depois da derrota do governo na Câmara ontem, com a aprovação de um projeto que obriga a presidente Dilma Rousseff a regulamentar em até 30 dias a troca dos indexadores das dívidas de Estados e municípios com a União, Levy conseguiu avançar na articulação com senadores hoje. 

Após apelos do ministro, que passou a manhã reunido com senadores, o presidente da Casa, Renan Calheiros (PMDB-AL), decidiu adiar para a semana que vem a votação do projeto, prevista originalmente para hoje. O peemedebista aceitou esperar para apreciar o projeto na próxima semana, após a vinda de Levy à Comissão de Assuntos Econômicos do Senado para detalhar o plano de ajuste fiscal elaborado pela equipe econômica.

Tudo o que sabemos sobre:
dólarcâmbio

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.