Dólar sobe frente a principais moedas antes do Fed

O dólar subiu diante das principais moedas nesta terça-feira, 29, depois da divulgação de vários indicadores norte-americanos e antes do anúncio da decisão de política monetária do Federal Reserve norte-americano, nesta quarta-feira, 30. Com indicadores econômicos fracos, a expectativa do mercado é de que o Fed não anunciará uma redução em seu programa de compras de bônus.

Agencia Estado

29 de outubro de 2013 | 20h33

"O consenso emergente é o de que a próxima redução no programa do Fed será em março, e eu acho que o Fed está contente com esse consenso", disse o estrategista Greg Anderson, da BMO Capital Markets. Para Brad Bechtel, da Faros Trading, "os traders mostraram um pouco de hesitação antes da reunião do Fed, embora deva ser um não evento".

Pela manhã, o euro chegou a subir a US$ 1,3814, depois de Ewald Nowotny, membro do Conselho Diretor do Banco Central Europeu (BCE), dizer que a instituição não tem ferramenta para conter a valorização do euro. Embora a alta do euro tenha um impacto negativo na economia, "temos que viver com isso", acrescentou.

O dólar australiano caiu depois de o presidente do banco central da Austrália (RBA), Glenn Stevens, declarar esperar que a moeda do país se desvalorize acompanhando o declínio dos preços das exportações de commodities do país.

Às 20h05 (horário de Brasília), o euro estava cotado a US$ 1,3746, de US$ 1,3787 na segunda-feira; o iene estava cotado a 98,19 por dólar, de 97,68 por dólar. Frente à moeda japonesa, o euro estava cotado a 134,96 ienes, de 134,66 ienes na véspera. O franco suíço estava cotado a 0,8989 por dólar, de 0,8959 por dólar, e a 1,2355 por euro, de 1,2350 por euro. A libra estava cotada a US$ 1,6048, de US$ 1,6145. O dólar australiano estava cotado a US$ 0,9481, de US$ 0,9575. Fonte: Dow Jones Newswires.

Tudo o que sabemos sobre:
moedas

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.