Dólar sobe frente ao euro, mas recua diante do iene

O dólar subiu diante do euro, do franco suíço e da libra, depois de o vice-presidente do Banco Central Europeu (BCE), Vitor Constâncio, dizer que o mercado tem interpretado mal as comunicações da instituição e que ela poderá implementar medidas como relaxamento quantitativo da política monetária ou compras de ativos, caso haja uma deterioração da perspectiva da economia da zona do euro. A libra recuou em reação ao informe de que a produção industrial do Reino Unido cresceu 0,1% em janeiro, ficando abaixo da expectativa.

Agencia Estado

11 de março de 2014 | 20h33

O iene, por sua vez, está em alta frente ao dólar e ao euro, depois de o Banco do Japão (BoJ) manter sua política inalterada. O presidente do BoJ, Haruhiko Kuroda, !"reiterou que a desvalorização do iene é instrumental para a elevação da inflação e reafirmou mais uma vez que o BoJ não vai hesitar em ajustar sua política se surgirem obstáculos ao cumprimento de sua meta", disse Boris Schlossberg, da BK Asset Management.

No fim da tarde em Nova York, o euro estava cotado a US$ 1,3856, de US$ 1,3877 ontem; o iene estava cotado a 102,97 por dólar, de 103,29 por dólar ontem. Frente à moeda japonesa, o euro estava cotado a 142,67 ienes, de 143,31 ienes ontem. O franco suíço estava cotado a 0,8780 por dólar, de 0,8779 por dólar ontem, e a 1,2166 por euro, de 1,2180 por euro ontem. A libra estava cotada a US$ 1,6618, de US$ 1,6646 ontem. O dólar australiano estava cotado a 0,8971 por dólar, de 0,9024 por dólar ontem. Fonte: Dow Jones Newswires.

Tudo o que sabemos sobre:
mundomoedas

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.