Dólar sobe para nível mais alto em 6 semanas frente ao euro

Moeda europeia rompeu nível de US$ 1,2735

Renato Martins, da Agência Estado,

20 de agosto de 2010 | 18h38

O dólar subiu para o nível mais alto em seis semanas diante do euro, depois de um dirigente do Banco Central Europeu (BCE) sugerir que as medidas de estímulo monetário na zona do euro devem permanecer em vigor até o primeiro trimestre de 2011. A declaração de Axel Weber, diretor do BCE e presidente do Bundesbank alemão, trouxe de volta ao foco a debilidade da recuperação da economia global.

 

"A cautela do investidor deu um salto nos últimos dois dias, levando os investidores a buscarem o 'porto seguro' do dólar", disse o estrategista Nick Bennenbroek, do Wells Fargo. Em entrevista à Bloomberg TV, Weber afirmou que seria "sábio" para o BCE manter sua política de prover liquidez ilimitada nos leilões de refinanciamento de outubro. Para ele, "a maioria das discussões sobre a estratégia de saída deverá focalizar o primeiro trimestre de 2011".

 

Para os analistas do BNP Paribas, o fato de o euro ter rompido o nível de US$ 1,2735 abre o caminho para uma queda para US$ 1,2605 e talvez até US$ 1,2490. Frente ao franco suíço, o euro caiu para o nível mais baixo desde o começo de julho. Analistas do Crédit Suisse disseram que os investidores deverão puxar o euro ainda mais para baixo diante do franco suíço, para testar se o BC da Suíça vai intervir no mercado na tentativa de conter a sobrevalorização da moeda do país, como tem feito recentemente.

 

Especulações sobre uma possível intervenção do Banco do Japão (BoJ) no mercado também afetaram o iene, que durante a madrugada chegou a subir a 84,72 por dólar, antes de se recuperar.

 

No fim da tarde, o euro estava cotado a US$ 1,2706, de US$ 1,2820 ontem; o iene estava cotado a 85,75 por dólar, de 85,29 por dólar ontem; a libra estava cotada a US$ 1,5490, de US$ 1,5606 ontem. O franco suíço estava cotado a 1,0375 por dólar, de 1,0325 por dólar ontem. O ICE Dollar Index, que acompanha o dólar diante de uma cesta de moedas, subiu para 83,237, nível mais alto em um mês, de 82,437 ontem. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
dólareuroiene

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.