Dólar sobe pelo 3º dia consecutivo e fecha a R$ 1,715

Na semana, a moeda acumulou alta de 0,12% e no mês encontra-se estável

Márcio Rodrigues, da Agência Estado,

17 de dezembro de 2010 | 17h12

O dólar comercial subiu nesta sexta-feira, 17, pelo terceiro dia consecutivo e fechou a R$ 1,715 no mercado interbancário de câmbio, alta de 0,76%. Na semana, a moeda acumulou alta de 0,12% e no mês encontra-se estável. No ano, o dólar registra queda de 1,61%. O dólar à vista negociado na Bolsa de Mercadorias & Futuros (BM&F) avançou 0,81% hoje, para R$ 1,7144.

O dólar foi impulsionado, desta vez, pelas notícias negativas da Europa. A pressão foi percebida logo na abertura dos negócios no mercado futuro e surpreendeu os operadores, que esperavam sintonia com o cenário internacional, onde o euro se mostrava fortalecido ante o dólar, até então. No entanto, após a agência de classificação de risco Moody''s rebaixar em cinco níveis a nota (rating) da Irlanda e o Fundo Monetário Internacional (FMI) dizer que o risco de contágio desse problema para outras nações da Europa é "significativo", o euro inverteu o sinal e passou a cair ante o dólar, num movimento que ajudou a reforçar os ganhos da moeda americana ante o real.

"A Bolsa está subindo e isso indica entrada de recursos no mercado. Mesmo assim, o dólar se valoriza, o que significa que as notícias da Europa realmente impactaram o mercado", analisa o gerente de câmbio da Fair Corretora, Mario Battistel.

No único leilão vespertino de hoje, o Banco Central comprou dólares com taxa de corte de R$ 1,7145.

A valorização do euro no começo do dia foi amparada pelo consenso dos líderes da União Europeia em alterar o Tratado de Lisboa, para permitir a criação de um fundo permanente de socorro para países da zona do euro em crise. No entanto, a decisão da Moody''s de rebaixar o rating da Irlanda em cinco degraus de uma só vez trouxe de volta a aversão ao risco aos mercados.

Câmbio turismo

Nas operações de câmbio turismo, o dólar teve baixa de 0,39%, negociado em média a R$ 1,793 na venda e a R$ 1,663 na compra. O euro turismo caiu 0,72% para R$ 2,353 (venda) e R$ 2,24 (compra).

(Texto atualizado às 18h49)

Tudo o que sabemos sobre:
câmbiodólareuroturismo

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.