Dólar sobe pelo 5º dia consecutivo

O dólar subiu pelo quinto dia consecutivo frente às principais moedas, em meio a sinais de que a recuperação da economia dos EUA está ganhando impulso. Segundo o estrategista Richard Franulovich, a alta do dólar reflete a expectativa de que a melhora das condições da economia leve o Federal Reserve a reduzir seu programa de compras de bônus.

Agencia Estado

14 de maio de 2013 | 19h04

Nesta terça-feira, 14, o Escritório de Orçamento do Congresso disse que os déficits do governo federal dos EUA deverão ter uma redução significativa neste ano. O índice de atividade das pequenas e médias empresas, da Federação Nacional das Empresas Independentes, superou as previsões. Na Europa, o índice de expectativa sobre a economia do instituto alemão ZEW ficou abaixo das previsões, mas o indicador de produção industrial da zona do euro em março superou as expectativas.

No fim da tarde em Nova York, o euro estava cotado a US$ 1,2919, de US$ 1,2975 ontem; o iene estava cotado a 102,42 por dólar, de 101,82 por dólar ontem; frente à moeda japonesa, o euro estava cotado a 132,25 ienes, de 132,11 ienes ontem; o franco suíço estava cotado a 0,9674 por dólar, de 0,9571 por dólar ontem, e a 1,2496 por euro, de 1,2425 por euro ontem; a libra estava cotada a US$ 1,5210, de US$ 1,5294 ontem. O dólar australiano estava cotado a US$ 0,9877, de US$ 0,9954 ontem. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
dólareurofechamento

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.