Estadão
Estadão

Dólar tem dia de queda e vai a R$ 3,46

Recuo está em linha com a desvalorização da moeda dos Estados Unidos ante algumas das principais divisas no exterior e ocorre diante de um leve avanço do yuan hoje

Renata Pedini, O Estado de S. Paulo

14 de agosto de 2015 | 12h54

SÃO PAULO - O dólar é negociado em queda nesta sexta-feira, 14, após abrir com ligeiro viés de alta. O recuo está em linha com a desvalorização da moeda dos Estados Unidos ante algumas das suas principais rivais no exterior e ocorre diante de um leve avanço do yuan hoje, depois de três quedas seguidas. Ao mesmo tempo, há uma postura cautelosa por parte dos investidores por causa dos protestos contra o governo e a corrupção, que estão marcados para este domingo em todo o País. 

Às 13h10, o dólar caía 1,23%, a R$ 3,465, depois de abrir a R$ 3,51. Na mínima, alcançou R$ 3,46. 

A divulgação do índice de preços ao produtor (PPI) dos Estados Unidos em julho, com alta de 0,2% ante junho e previsão de +0,1%, reduziu instantes atrás as perdas do dólar. No mercado internacional, o euro virou e passou a cair e a moeda dos EUA ganhou força frente o iene. 

Os investidores avaliam ainda as palavras do presidente do Banco Central, Alexandre Tombini, ditas há pouco em São Paulo, bem como as do ministro da Fazenda, Joaquim Levy, em outro evento na capital paulista. Tombini disse que a inflação acumulada "deve atingir o pico neste semestre". "Manter o juro atual por período prolongado é preciso para (convergir) a inflação à meta ao fim de 2016", afirmou. "Os riscos para que projeção de inflação atinja 4,5% são condizentes com efeito defasado", completou. O ministro da Fazenda, Joaquim Levy, defendeu que "o ajuste fiscal tem de continuar, porque chegamos a uma deterioração estrutural".

Bolsa. A Bovespa abriu em alta hoje, virou em 15 minutos de pregão e em seguida se firmou no terreno negativo. As bolsas de Nova York tinham volatilidade em meio a avaliação, pelos investidores, de dados sobre a economia dos Estados Unidos, que podem provocar ajustes nas apostas em relação ao início do processo de normalização da política monetária do Federal Reserve. O Ibovespa caía 0,66%, aos 47.694 pontos. 

Tudo o que sabemos sobre:
dólarmercado

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.