Dólar volta a cair e encerra em R$ 2,071

O dólar comercial encerrou a quinta-feira em queda de 0,19%, a R$ 2,071, após alta de 0,73% ontem. A moeda norte-americana oscilou entre a mínima de R$ 2,062 e a máxima de R$ 2,079. No pregão viva-voz da Bolsa de Mercadorias & Futuros (BM&F), o dólar negociado à vista fechou cotado a R$ 2,070 (-0,22%). O mercado de câmbio iniciou os negócios desta quinta-feira acompanhando o comportamento dos títulos do Tesouro norte-americano. Assim, com a elevação dos juros dos títulos, o dólar abriu em alta e sustentou essa trajetória por algumas transações. Mas a falta de liquidez e a convicção de que as incertezas referentes ao mercado dos EUA não são grandes o suficiente para inverter o fluxo positivo de recursos esgotaram a pressão inicial de valorização. Assim, o posterior recuo das cotações refletiu o fluxo cambial positivo, a queda externa da moeda ante outras divisas internacionais, como o euro e a libra, e o forte recuo dos preços do petróleo (o contrato para junho fechou na New York Mercantile Exchange a US$ 69,94, queda de 3,24%).

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.