Dow fecha em baixa 0,35%, mas encerra a semana com ganho de 1,10%

O S&P-500 recuou 0,51%, enquanto o Nasdaq teve queda de 0,71%

Suzi Katzumata, da Agência Estado,

19 de março de 2010 | 19h39

Depois de subir por oito sessões seguidas, o índice Dow Jones finalmente caiu, com os investidores decidindo realizar lucro antes da votação no Congresso da polêmica reforma do setor de saúde - previsto para domingo. Além disso, também contribuiu para o tom negativo do dia a situação ainda indefinida da Grécia e alta do dólar - o que pressiona em baixa as commodities no geral e reduz a competitividade dos produtos americanos.

 

O índice Dow Jones caiu 37,19 pontos (0,35%) e fechou com 10.741,98 pontos; na semana, o índice registrou um ganho de 1,10% e, no mês, o ganho acumulado alcança 4,04%.

 

O índice S&P-500 recuou 5,93 pontos (0,51%) e fechou com 1.159,90 pontos; na semana, o índice teve uma valorização de 0,86%. O Nasdaq recuou 16,87 pontos (0,71%) e fechou com 2.374,41 pontos; na semana, o índice registrou um pequeno ganho de 0,29%.

 

Os declínios das ações ocorreram em meio à confusão sobre uma possível ajuda para a endividada Grécia e a surpreendente decisão da Índia de elevar suas taxas de juro de referência com efeito imediato.

 

"A Grécia obviamente é uma persistente preocupação porque está atrelada ao euro", disse Ken Grant, sócio da Waterstone Private Wealth Management, acrescentando que notícias relacionadas ao crescimento e ao juro em lugares como a China, Índia ou Brasil, "que são as economias que estão crescendo de fato", também preocupam os investidores por causa do potencial impacto sobre o crescimento futuro da economia global.

 

Entre as ações blue chips, 3M (-2,04%), Pfizer (-1,86%) e American Express (-1,63%) lideraram as perdas. Mesmo a Boeing fechou em baixa de 0,21%, depois de ter passado a maior parte da sessão em alta em razão do seu plano para aumentar a produção de seus aviões 777 e 747 com base nas expectativas de aumento na demanda.

 

Por outro lado, a gigante Coca-Cola subiu 1,48% depois que o jornal de negócios Vedomosti relatou que a companhia pretende comprar 100% da fabricante de suco russa Nidan Soki. As expectativas iniciais eram de que a Coca estaria tentando comprar uma participação de 75% na companhia.

 

Os volumes negociados desta sexta-feira foram elevados, refletindo o vencimento simultâneo de contratos de índices futuros de ações, índices de opções de ações, opções de ações e futuros de ações - mais conhecido como "quadruple witching".

 

Na New York Stock Exchange (Nyse), o volume somou 1,977 bilhão de ações negociadas, de 924,729 milhões de ações ontem. No Nasdaq, o volume alcançou 2,827 bilhões de ações, de 2,031 bilhões de ações ontem; 1.053 ações subiram e 1.671 caíram. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
ações, bolsa, Dow Jones, Nasdaq

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.