Dow Jones cai 0,36% reagindo a dado imobiliário

Os índices referenciais do mercado acionário norte-americano operam em queda, após os dados de revenda de imóveis existentes em julho terem confirmado que o ciclo de aperto monetário nos EUA está exercendo um freio na atividade imobiliária, um dos pilares da economia. Às 12h50, o Dow Jones cedia 0,36%; o Nasdaq recuava 0,62%, enquanto o S&P 500 perdia 0,41%. As bolsas européias acompanhavam a queda, com Londres perdendo 0,73%; Paris, 0,89% e Frankfurt, 0,75%. A queda de 4,1% para 6,33 milhões na média anual de imóveis vendidos em julho, nos EUA, ficou abaixo do piso das previsões de 6,55 milhões de unidades e confirmou a percepção de desaquecimento do mercado imobiliário norte-americano e da economia ampla. Mas a queda dos índices referenciais era limitada pelo declínio dos contratos futuros de petróleo e por notícias sobre fusões e aquisições. Na Bolsa Mercantil de Nova York (Nymex), o contrato futuro de petróleo para outubro cedia 1,71%, para US$ 71,85 por barril, reagindo aos relatórios de estoques do produto e derivados na semana passada nos EUA. Segundo o relatório do Departamento de Energia, os estoques de gasolina cresceram 400 mil, ante previsão de queda de 2,4 milhões de barris. Os estoques de destilados subiram 2,3 milhões de barris e os de petróleo bruto recuaram 600 mil barris. Entre as notícias corporativas, a Weyerhaeuser, companhia de madeira serrada, anunciou que concordou em combinar suas operações de papel fino com a Domtar, por US$ 3,3 bilhões. A IBM, por sua vez, anunciou um acordo de compra da Internet Security Systems, que realiza serviços de análise e monitoramento de performance de rede. O negócio envolveu US$ 1,3 bilhão em dinheiro, conferindo um ágio de 7,7% ao preço de fechamento do papel na sessão de ontem. As informações são da Dow Jones.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.