Dow Jones cai 10,15% ante a maior pontuação de 2010

Hoje, Dow Jones recou 3,6% e Nasdaq, 4,11%. O índice S&P 500 teve queda de 3,9%

Gustavo Nicoletta, da, Agência Estado

20 de maio de 2010 | 19h06

Os principais índices do mercado de ações dos Estados Unidos fecharam o dia em queda e passaram a acumular baixa de 10% em relação às pontuações máximas atingidas neste ano, o que caracteriza um quadro de correção técnica. O movimento ainda é decorrente da aversão ao risco, em meio a receios de que os apertos orçamentários na zona do euro poderão prejudicar a economia mundial.

O índice Dow Jones caiu 3,60%, para 10.068,01 pontos, o Nasdaq recuou 4,11%, para 2.204,01 pontos, e o S&P 500 fechou em baixa de 3,90%, aos 1.071,59 pontos. No caso do Dow Jones, este foi o declínio mais acentuado em termos de pontuação desde 10 de fevereiro de 2009 e a maior queda porcentual desde 5 de março do ano passado. O índice agora ocupa seu menor patamar desde 10 de fevereiro e acumula queda de 3,45% em 2010.

Com o fechamento de hoje, o Dow Jones também encontra-se 10,15% abaixo de seu fechamento máximo deste ano, atingido em 26 de abril, o que o coloca no território de correção técnica. A última correção desse tipo ocorreu em novembro de 2007, quando o índice ficou 10% abaixo da máxima de 14.164,53 pontos atingida em 9 de outubro do mesmo ano.

Já o Nasdaq registrou a maior queda desde 1º de dezembro de 2008 em termos de pontuação e o pior desempenho porcentual desde 17 de fevereiro de 2009. O índice, que encerrou o dia no menor patamar desde 12 de fevereiro, agora acumula queda de 2,87% em 2010 e declínio de 12,89% em comparação ao seu maior nível de fechamento deste ano. A queda do S&P 500 foi a maior em pontos desde 20 de janeiro de 2009. O índice agora acumula perda de 3,9% em 2010 e está 11,97% abaixo do seu maior fechamento no ano, atingido em 23 de abril.

Entre os componentes do Dow Jones, as perdas mais acentuadas foram registradas por Bank of America (queda de 6,32%), Alcoa (baixa de 6,03%), General Electric (recuo de 5,79%), Boeing (queda de 4,91%) e Caterpillar (baixa de 4,51%).

Na New York Stock Exchange (Nyse), o volume negociado alcançou 2,126 bilhão de ações, de 1,631 bilhão de ações na quarta-feira. Na Nasdaq, o volume somou 3,354 bilhões de ações, de 2,532 bilhões de ações ontem; 242 ações subiram e 2.564 caíram. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
açõesBolsasNova Yorkfechamento

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.