Dow Jones e S&P 500 têm melhor julho em um ano

Índices fecharam o dia com sinais divergentes, refletindo dados sobre a economia dos EUA

Renato Martins, da Agência Estado,

30 de julho de 2010 | 18h13

O mercado norte-americano de ações fechou com os principais índices muito próximos dos níveis de ontem, em dia marcado pela divulgação de indicadores importantes. O crescimento do PIB dos Estados Unidos no segundo trimestre ficou em 2,4% (taxa anualizada e sazonalmente ajustada), abaixo das previsões, mas o índice de atividade dos gerentes de compras de Chicago e o índice de sentimento do consumidor da Universidade de Michigan superaram as expectativas. Depois da divulgação dos dados do PIB, o índice Dow Jones chegou a cair 120 pontos e o S&P-500 a perder 1,2%, mas ambos se recuperaram à tarde.

Nos casos do Dow Jones e do S&P-500, julho foi o primeiro mês de alta desde abril e o mês com maior alta em termos porcentuais desde julho do ano passado. O Nasdaq teve em julho sua maior alta desde março.

Julho foi marcado por indicadores econômicos fracos e pela divulgação dos informes de resultados das empresas no segundo trimestre. "É um verdadeiro cabo-de-guerra. O desemprego está teimosamente alto, o mercado de imóveis parece morto e algumas das redes varejistas não estão tendo um desempenho tão bom como as pessoas esperavam. Mas do lado positivo também há o mesmo número de argumentos, com grandes informes de lucros. As coisas não estão conectadas", disse Bob Auer, gerente de carteira do Auer Growth Fund.

Entre as componentes do Dow, as ações da Home Depot foram as que mais subiram (+1,64%), em reação ao índice de sentimento do consumidor. As da Merck caíram 1,71%, depois de a empresa divulgar resultados. Entre as ações de empresas que divulgaram resultados também estavam a seguradora MetLife (+4,63%), a produtora de software antivírus McAffee (+9,42%), a Genworth Financial (-13,99%) e a agência de viagens eletrônica Expedia (+7,64%).

O índice Dow Jones fechou em baixa de 1,22 ponto (-0,01%), em 10.465,94 pontos. O Nasdaq fechou em alta de 3,01 pontos (0,13%), em 2.254,70 pontos. O S&P-500 fechou em alta de 0,07 ponto (0,01%), em 1.101,60 pontos. Na semana, o Dow Jones acumulou uma alta de 0,40%, o Nasdaq, uma queda de 0,65% e o S&P-500, uma baixa de 0,10%. No mês de julho, o Dow Jones subiu 7,08%, o Nasdaq avançou 6,90% e o S&P-500 acumulou uma alta de 6,88%. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
bolsasDow JonesNasdaqPIB

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.