Dow Jones e S&P fecham no nível mais alto desde 13/5

O mercado norte-americano de ações fechou em alta, com os índices Dow Jones e S&P-500 registrando seus maiores ganhos desde 1º de setembro, tanto em pontos como em termos porcentuais, e fechando nos níveis mais elevados desde 13 de maio deste ano. O Nasdaq teve seu nono pregão consecutivo de alta, na maior sequência de ganhos desde os 12 avanços consecutivos do período até 23 de julho do ano passado.

RENATO MARTINS, Agencia Estado

20 de setembro de 2010 | 17h54

A alta aconteceu depois de o Escritório Nacional de Pesquisa Econômica dos EUA (NBER) dizer que a recessão iniciada em dezembro de 2007 terminou em junho de 2009 e que uma nova contração, se acontecer, será uma nova recessão, e não um "duplo mergulho". "Estamos começando a receber indicações de que a economia está crescendo lentamente, e não está na via de um ''duplo mergulho''. Os mercados haviam embutido tantas más notícias nos preços que qualquer coisa positiva é boa", disse Sean Kraus, da Citizens Trust.

As ações das construtoras de casas subiram, depois de a Lennar divulgar resultados melhores do que se previa; as ações da Lennar subiram 8,22% e as da KB Home, que divulga resultados na sexta-feira, avançaram 6,22%. Vários indicadores do setor de imóveis residenciais serão divulgados ao longo da semana.

Das 30 componentes do Dow Jones, apenas uma ação fechou em queda (Cisco Systems -0,68%). O destaque positivo foi American Express, com alta de 4,23%, liderando o avanço das ações do setor de cartões de crédito, depois da divulgação do informe de resultados da Discover Financial Services (cujas ações subiram 3,79%); as do Bank of America ganharam 2,46% e as do JPMorgan Chase fecharam em alta de 2,80%. Outro destaque foram as ações da rede de lojas de móveis e utensílios para casas Home Depot, que subiram 2,47% depois de a Associação Nacional das Construtoras de Casas (NAHB) informar que seu índice de atividade ficou estável em agosto.

No setor de tecnologia, as ações da L-1 Identity Solutions subiram 20,00%, depois do anúncio da aquisição da companhia pela francesa Safram; as da Netezza avançaram 14,92%, em reação ao anúncio da compra da empresa pela IBM (cujas ações subiram 1,23%).

As ações do setor de petróleo reagiram positivamente à alta dos preços do produto (Chevron +1,87%, ExxonMobil +1,32%).

O índice Dow Jones fechou em alta de 145,77 pontos (1,37%), em 10.753,62 pontos. O Nasdaq fechou em alta de 40,22 pontos (1,74%), em 2.355,83 pontos. O S&P-500 fechou em alta de 17,12 pontos (1,52%), em 1.142,71 pontos. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
bolsasDow JonesNasdaq

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.