Dow Jones opera em alta, puxada por indústria do cigarro

O mercado norte-americano de ações segue com o índice Dow Jones em alta e o Nasdaq próximo do nível de fechamento de ontem. O mercado abriu em alta e alcançou as máximas depois da divulgação do índice de atividade no setor de serviços do ISM, dos gerentes de compras. O índice recuou para 57,0 em junho, de 60,1 em maio; a previsão para junho era 59,6; o componente de preços pagos, por sua vez, recuou para 73,9 em junho, de 77,5 em maio. O indicador fez crescer a esperança de que o Federal Reserve (Fed, banco central dos EUA) encerre em breve o ciclo de apertos monetários. Outra indicação de desaceleração da atividade econômica veio com os informes de vendas das grandes redes varejistas em junho, que vieram abaixo das previsões. Operadores observaram, porém, que boa parte do avanço do índice Dow Jones se dá por conta da alta forte das ações do Altria Group (ex-Philip Morris), em reação a uma decisão de um tribunal da Flórida favorável às indústrias de cigarros. O clima do mercado, porém, continua a ser de cautela, antes da divulgação dos dados do nível de emprego em junho, amanhã; isso explicaria o recuo do índice Nasdaq. Às 16h45 (de Brasília), o Dow Jones subia 0,65%, o Nasdaq ganhava 0,08% e o Standard & Poor's-500 avançava 0,24%; as ações do Altria Group subiam 5,51%.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.