Dow Jones registra valorização com Exxon e petróleo

Depois do rali de ontem, o índice Dow Jones, da Bolsa de Nova York, subiu mais 0,11% hoje, liderado pelos ganhos da Exxon Mobil. O Nasdaq, em contrapartida, fechou em baixa de 0,17% e o S&P 500 caiu 0,03%. Apesar do declínio, o Nasdaq e o S&P 500 continuam em território positivo no ano, enquanto o Dow Jones ainda acumula perda em 2007. As ações oscilaram para cima e para baixo ao longo do pregão e terminaram perto dos níveis de abertura. A ausência de uma queda mais acentuada, dada a força dos ganhos obtidos nas últimas horas do pregão de quarta-feira, foi bem recebida. "Diria que estou impressionado com a resistência do mercado", disse o estrategista de mercado Marc Pado, da Cantor Fitzgerald. Ele esperava um declínio acentuado para corrigir a exuberância do pregão de ontem. Motorola foi o papel mais ativo na Bolsa de Valores de Nova York (Nyse, na sigla em inglês). A ação caiu 6,6%. A fabricante de equipamentos de comunicação apontou uma situação difícil na área de aparelhos celulares e, depois do fechamento das bolsas ontem, alertou que apresentará prejuízo no primeiro trimestre e cortou suas metas de lucro no ano. Vista como beneficiária dos problemas da Motorola, a rival Nokia subiu 0,4%. As ações da Palm, que divulgaria seus resultados hoje depois do fechamento, também foram afetadas pelas notícias e caíram 8,8% no Nasdaq. As expectativas de que a Motorola possa comprar a fabricante de handhelds desapareceram. As ações de energia acompanharam a alta do petróleo para o maior nível em duas semanas. A Exxon Mobil liderou os ganhos no Dow Jones, subindo 1,5%. Os papéis financeiros que integram o índice devolveram parte dos ganhos de ontem. American Express caiu 0,1%, Citigroup terminou em baixa de 0,4% e JP Morgan Chase recuou 1,2%. O índice Dow Jones fechou em alta de 13,62 pontos, ou 0,11%, em 12.461,14 pontos. A mínima foi em 12.408,51 pontos e a máxima em 12.476,28 pontos. O Nasdaq caiu 4,18 pontos, ou 0,17%, e fechou com 2.451,74 pontos; a mínima foi de 2.442,51 pontos e a máxima foi de 2.457,372 pontos. O Standard & Poor's 500 recuou 0,50 ponto, ou 0,03%, para 1.434,54 pontos. O Nyse Composite fechou em baixa de 3,91 pontos, ou 0,04%, para 9.313,82 pontos. O volume negociado na Nyse caiu 1,62 bilhão de ações, de 1,63 bilhão de ações ontem; 1.670 ações subiram, 1.623 caíram e 147 fecharam nos mesmos níveis de ontem. No Nasdaq, o volume caiu para 1,983 bilhão de ações negociadas, de 2,238 bilhões de ações ontem, com 1.576 ações fechando em alta e 1.445 em queda. As informações são da agência Dow Jones.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.