Dúvida sobre rumo dos juros nos EUA pesa sobre bolsas

O mercado acionário norte-americano segue em baixa, após os dados divulgados pela manhã terem incutido preocupações quanto ao rumo da taxa de juros nos Estados Unidos. Mesmo o recuo acentuado dos preços do petróleo não tranqüiliza o clima negativo em Wall Street. Às 14h08, o índice Dow Jones cedia 0,25% e o Nasdaq, 0,18%. No Brasil, o Ibovespa recuava 0,73%, aos 40.716 pontos. O Instituto para Gestão de Oferta (ISM, ex-NAPM) informou que seu índice de atividade dos gerentes de compras referente ao setor não-industrial (serviços) em abril subiu para 63, de 60,5 em março, surpreendendo os economistas, que previam queda. O dado de encomendas à indústria mostrou crescimento de 4,2% em março. Foi a maior alta nas encomendas desde maio de 2005 e superou a previsão de aumento de 3,2% nas encomendas. A participação do presidente do Federal Reserve (Fed, banco central dos Estados Unidos), Ben Bernanke, em um evento em Washington não rendeu nenhuma declaração relacionada à política monetária e aos índices econômicos. A decepção com os resultados da Procter & Gamble também pesavam sobre o Dow Jones. As ações da P&G cediam 4,3%, após a gigante fabricante das fraldas Pampers ter anunciado crescimento de 37% no lucro líquido do terceiro trimestre, para US$ 0,63 por ação, um resultado que superou as previsões dos analistas. No entanto, as vendas totalizaram US$ 17,25 bilhões, ficando abaixo dos US$ 17,6 bilhões previstos por analistas. No pano de fundo, o petróleo para junho cedia 2,09%, para US$ 73,05 por barril, na New York Mercantile Exchange (Nymex). As informações são da Dow Jones.

Agencia Estado,

03 de maio de 2006 | 14h12

Tudo o que sabemos sobre:
finanças

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.