Em dia de poucos negócios, dólar cai e fecha a R$ 2,169

O dólar comercial fechou hoje em queda de 0,50%, a R$ 2,169. A moeda norte-americana oscilou a mínima de R$ 2,161 e a máxima de R$ 2,171. No pregão viva-voz da Bolsa de Mercadorias & Futuros (BM&F), o dólar à vista encerrou em baixa de 0,55%, cotado a R4 2,168. O feriado de 4 de Julho, comemorando a independência dos Estados Unidos, roubou a liquidez do mercado de câmbio, que, além de registrar volume reduzido de negócios, focou as atenções no fluxo e na postura do Banco Central. A autoridade monetária brasileira voltou a atuar - mais cedo - no mercado de dólar à vista, com a operação de compra de moeda. Com a atuação, cresceu o apetite por dólar - ao aceitar dez propostas na operação, à taxa de corte de R$ 2,166 -, e os investidores acabaram ajustando posições esta tarde, o que fez a moeda desacelerar a baixa. Segundo operadores, a além da expectativa de que o BC poderá voltar a comprar dólar em mercado amanhã, os investidores já se reposicionam por causa da dúvida sobre o humor dos investidores na reabertura dos mercados em Nova York nesta quarta-feira, na volta do feriado de hoje nos Estados Unidos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.