Em linha com NY, Bolsa paulista tem forte valorização

As Bolsas de Nova York renovaram as máximas esta tarde e beneficiaram o mercado acionário brasileiro, com os investidores comprando ações após a divulgação do comunicado do banco central dos Estados Unidos sobre a política monetária do país. O comunicado aliviou os investidores (ao menos temporariamente), até então temerosos de que a economia norte-americana se encaminhe para uma crise. Por volta das 16 horas (de Brasília), o índice Dow Jones subia 1,47% e o Nasdaq avançava 1,88%. O Ibovespa, principal índice da Bolsa de Valores de São Paulo, registrava ganho de 2,74%, aos 45.565 pontos. O nível dos 45 mil pontos havia sido perdido pelo Ibovespa em 27 de fevereiro, dia em que a Bolsa chinesa despencou 8,9%, e até então não havia sido recuperado.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.