Em queda de mais de 20%, OGX puxa Ibovespa para baixo

Iminência de um pedido de recuperação judicial pela OGX, de Eike Batista, influencia queda da Bovespa; ações da petroleira chegam a valer R$ 0,17

Agência Estado e Economia & Negócios, Atualizado às 11h20

30 de outubro de 2013 | 10h13

SÃO PAULO - A iminência de um pedido de recuperação judicial pela OGX, ou mesmo de um decreto de falência da empresa pelos credores externos, mantém as atenções da Bovespa concentradas na petrolífera de Eike Batista.

Por volta de 11h05, as ações ordinárias da OGX estavam em queda de 26% e valiam R$ 0,17 - no menor valor do dia até agora. No mesmo horário, o Ibovespa caia 0,91%, aos 54.042,38 pontos, depois de renovar mínimas repetidamente. Na maior queda do dia até agora, às 10h59, o Ibovespa registrou baixa de 1,03%, aos 53.978,88 pontos.

A OGX é uma das empresas que mais pesam na composição do Ibovespa. Das 73 companhias listadas, a petroleira tem o sexto maior peso na composição do índice, atrás de Petrobrás, Vale, Itaú Unibanco, Bradesco e Banco do Brasil.  

Em ofício enviado à Comissão de Valores Mobiliários (CVM) nesta quarta-feira, 30, a OGX afirma que ainda não tomou uma decisão de ingressar no processo de recuperação judicial, e que esse definição será feita pelo Conselho de Administração da companhia. Assim, o mercado continua na expectativa de divulgação de fato relevante pela companhia.

Segundo comunicado da BM&FBovespa divulgado hoje, os negócios com os ativos serão suspensos se a OGX apresentar pedido de recuperação judicial ou extrajudicial.

Amanhã vence os 30 dias de carência para a empresa pagar aos credores uma divida de juros vencida dia 1º de outubro. A partir de sexta-feira, a companhia estaria inadimplente e os credores poderiam pedir a falência. Por isso, avalia um operador, se não entrar, a qualquer momento, com o pedido de recuperação judicial, a empresa passa a correr o risco.

Agenda externa. O desempenho da Bovespa hoje também deve ser influenciado pela agenda econômica externa. A divulgação do comunicado do Federal Reserve, o banco central dos EUA, está prevista para a tarde e será acompanhado pela decisão de política monetária e pelos indicadores norte-americanos do dia.

Tudo o que sabemos sobre:
BovespaOGX

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.