Em reação comedida a Palocci, Bovespa fecha em alta

O Ibovespa, principal índice da Bolsa de Valores de São Paulo, não se abalou com a notícia de saída do ministro da Fazenda, Antonio Palocci, do cargo, devolveu as perdas acumuladas desde o período da manhã e conseguiu encerrar a segunda-feira com leve valorização de 0,17%, a 37.641 pontos, com forte volume financeiro de R$ 2,31 bilhões. Alguns analistas avaliam que o pedido de afastamento de Palocci foi confuso, o que pode ter contribuído para uma reação mais comedida dos mercados. Segundo um analista, seu afastamento abriria espaço direto para o secretário-executivo do Fazenda, Murilo Portugal, assumir o posto. Mas outras informações apontam que a saída de Palocci é definitiva e que o presidente do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Guido Mantega, foi escolhido pelo presidente Lula para o cargo. Mantega não é bem visto pelo mercado diante de suas sistemáticas críticas à política monetária.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.