Em reunião da Opep, Rússia aceita cortar produção de petróleo

Em reunião da Opep, Rússia aceita cortar produção de petróleo

Segundo fontes, Rússia teria concordado em reduzir sua produção em 200 mil barris por dia

O Estado de S.Paulo

07 Dezembro 2018 | 11h01

A Rússia concordou em reduzir sua produção de petróleo em 200 mil barris por dia, como parte do segundo dia de negociações da Opep+, em Viena, para restringir a oferta do grupo, segundo fontes com conhecimento do assunto.

A Opep+ é formada pela Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) e por aliados que não integram o cartel, incluindo a Rússia.

Mais cedo, o ministro de Energia saudita, Khalid Al-Falih, reiterou que estava cético quanto à possibilidade de a Opep chegar a um acordo com seus aliados.

Na quinta-feira, 6, al-Falih disse que a Opep+ iria discutir um corte total de cerca de 1 milhão de barris diários. /SERGIO CALDAS, COM DOW JONES NEWSWIRES

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.