Embraer fecha venda de US$ 2 bi à Republic Airways

A Embraer fechou contrato com a americana Republic Airways para a venda de 50 jatos E175. O valor dos pedidos firmes é estimado em US$ 2,1 bilhões, com base nos preços de lista de 2014. As aeronaves, que serão incluídas na carteira de pedidos da Embraer do terceiro trimestre de 2014, receberão a marca United Express, divisão regional da United Airlines, parceira da Republic Airways. As entregas ocorrerão entre 2015 e 2017.

BETH MOREIRA, Estadão Conteúdo

18 de setembro de 2014 | 08h49

Esse contrato é adicional ao pedido assinado entre a Embraer e a Republic em janeiro de 2013, para 47 jatos E175 - dos quais 34 já foram entregues - além de 47 opões de compra de aeronaves. A Republic ainda tem 32 opções restantes do mesmo contrato.

A Embraer recebeu uma série de encomendas de companhias aéreas americanas nos últimos dois anos. A temporada de compras começou após um acordo feito entre as empresas aéreas e o sindicato de pilotos, em 2012, que permitiu que as companhias fizessem voos regionais com aviões maiores. Pela nova regra, as empresas podem fazer esses voos com aeronaves que transportam até 76 passageiros, contra 50 no limite anterior.

Desde então, empresas como American Airlines, Skywest e United Airlines renovaram suas frotas e fizeram encomendas à Embraer.

Segundo a Embraer, o pedido da Republic está em conexão com a transferência de aviões turboélice Q400, atualmente operados pela Republic Airlines, à empresa aérea britânica Flybe Limited. Ao mesmo tempo, Flybe e Embraer acordaram em reduzir em 20 aviões o pedido de 24 jatos E175 que a companhia aérea ainda possui. Portanto, o aumento líquido de carteira de pedidos da Embraer no terceiro trimestre será de 30 jatos E175.

A Republic Airways foi uma das primeiras empresas aéreas dos Estados Unidos a utilizar jatos da Embraer. Adquiriu o modelo E170 em 2004 e ainda opera as aeronaves em nome da United Express. Com o novo pedido, a frota de jatos Embraer da Republic Airways será composta por 72 E170 e 151 E175, totalizando 223 aeronaves.

A Republic Airways tem base em Indianápolis, Estado de Indiana, nos Estados Unidos, e é uma holding que controla a Chautauqua Airlines, Republic Airlines e Shuttle América.

Estas empresas operam uma frota combinada de cerca de 250 aviões e oferecem diariamente mais de 1.300 voos comerciais para mais de 110 cidades nos Estados Unidos, Canadá e Caribe por meio de acordos de serviços a preço fixo operados com a marca de companhias aéreas como American Eagle, Delta Connection, United Express e US Airways Express. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.