Embraer vende dois jatos para empresa de táxi aéreo

A Embraer anunciou hoje a venda de dois jatos da linha Phenom, um modelo 100 e outro 300, para a ABC Táxi Aéreo, subsidiária do Grupo Algar no Brasil. Trata-se da primeira comercialização para uma empresa de táxi aéreo na América Latina, segundo revelou o vice-presidente para o mercado de Aviação Executiva da empresa, Luis Carlos Affonso.De acordo com ele, um dos principais objetivos da companhia é abrir uma nova frente de negócios com a aviação executiva, que vem crescendo a uma taxa de 4% a 5% ao ano no País. No portfólio de produtos, a Embraer já possui o jato Legacy na categoria dos super médios, lançados em 2000, com capacidade para 13 passageiros.Para demonstrar o aquecimento deste mercado, o executivo revelou que a Embraer entregou 13 jatos Legacy em 2004, número que passou para 20 em 2005 e deve superar 30 unidades neste ano. "A aviação executiva representou 7% das receitas da Embraer no ano passado e em 2006 deve chegar aos dois dígitos", informou Affonso, sem revelar a participação. A idéia, segundo ele, é complementar a linha de produtos. Um novo jato já foi anunciado, o Lineage, da categoria ultra large.A linha Phenom, segundo Affonso, complementa os produtos de aviação executiva, no segmento de jatos leves. O modelo 100 tem uma capacidade para até 6 ocupantes e, conforme a tabela da empresa, custa US$ 2,9 milhões, enquanto que o modelo 300, para 9 ocupantes, vale US$ 6,8 milhões. Os dois jatos foram lançados no ano passado e a companhia já possui em carteira 235 unidades. O primeiro vôo está previsto para meados de 2007 e as entregas devem se iniciar em meados de 2008. O público alvo da Embraer são as empresas de táxi aéreo, altos executivos e grandes empresas. Conforme Luis Carlos Affonso, a companhia antevê uma boa oportunidade de negócios na substituição de aviões a hélice. Hoje, a companhia iniciou em Belo Horizonte uma turnê para a apresentação do modelo Phenom em escala real. A Phenom Tour seguirá também para as cidades de Goiânia (GO), Brasília (DF), Angra dos Reis (RJ), encerrando-se em São Paulo (SP).

Agencia Estado,

18 de agosto de 2006 | 18h43

Tudo o que sabemos sobre:
empresas

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.