Empresas brasileiras participam de feira mundial de produtos orgânicos

Representantes de 25 empresas, quatro associações e sete cooperativas de 13 estados e governo federal viajam hoje para a Alemanha para participarem da edição 2007 da Biofach, uma das maiores feiras de produtos orgânicos do mundo, que começa na próxima quinta-feira. Entre os produtos que estarão expostos no Pavilhão do Brasil estão o café, a cachaça, o guaraná em pó e o açúcar, além da polpa de açaí, suco de tangerina, melancia, cajuína, óleos amazônicos, doce de umbu e chá mate, dentre outros. De acordo com a Agência de Promoção de Exportações e Investimentos (APEX-Brasil), que organiza a participação brasileira no evento com o apoio da Câmara de Comércio e Indústria Brasil-Alemanha de São Paulo, a Alemanha é o segundo maior mercado mundial de produtos orgânicos, com uma movimentação de 5 bilhões de euros ao ano, atrás somente dos Estados Unidos.Para o Brasil, o mercado internacional, especialmente o europeu, é estratégico tanto pelo aspecto financeiro como também pelas tendências de consumo de sua população.Segundo Ming Chao Liu, gerente do projeto Organics Brasil, criado pela APEX-Brasil e o Instituto Paraná Desenvolvimento para promover as exportações do setor, a preferência por orgânicos tem estreita relação com a segurança alimentar e ambiental, tópicos de grande importância atualmente. "Isso significa, por exemplo, utilizar embalagens biodegradáveis, e aumentar a atenção quanto aos aspectos sociais, de informações disponibilizadas ao consumidor e produção ética e sustentável", explica. De acordo com o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, atualmente o Brasil possui uma área ocupada pela agropecuária orgânica de cerca de 800 mil hectares, nos quais trabalham 15 mil produtores. Entre os principais produtos orgânicos estão as frutas, legumes e verduras. O evento deve reunir mais de 2,2 mil expositores de 110 países e a expectativa de público é de 37,5 mil visitantes, sendo cerca 35% de outros países.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.