Reuters
Reuters

Empresas chinesas caem mais de 40% na Bolsa de Hong Kong sem explicação

As duas companhias são do mesmo grupo e, em nota, disseram não haver motivo para o tombo; no pregão anterior, uma empresa de painéis solares também viu seu valor de mercado despencar

O Estado de S. Paulo

21 Maio 2015 | 15h46

Duas companhias chinesas listadas na Bolsa de Hong Kong e que fazem parte do mesmo grupo empresarial surpreenderam os mercados nesta quinta-feira, 21, ao apresentarem fortes quedas que ainda não foram explicadas. 

As ações da Goldin Financial, que oferece financiamento corporativo de curto prazo, caíram 58%, resultado em uma perda de cerca de US$ 16 bilhões em seu valor de mercado. Os papéis da Goldin Properties, uma companhia menor que a primeira e que atua na construção civil, tiveram recuo de 46%.

As duas emitiram notas ao longo da sessão nas quais afirmaram que não estavam "cientes de nenhuma razão" que pudesse justificar os movimentos. "Os negócios e as operações do grupo Goldin estão funcionando normalmente e o grupo tem uma posição financeira saudável", disseram. O presidente do grupo, Pan Sutong, acrescentou que está "confiante" no futuro das duas companhias.

Em março, a Comissão de Valores Mobiliários e Futuros de Hong Kong pediu aos investidores que tivessem "extrema cautela" com a Goldin Financial, observando que apenas 20 acionistas controlavam 99% das ações, entre eles o próprio presidente, que tem uma participação de 70%. À época, a empresa respondeu que tinha pouco a fazer sobre isso.

As fortes quedas das duas empresas ocorrem um dia depois de outra companhia, a Hanergy, ter apresentado um recuo de 47%, também aparentemente inexplicável. Também nesta quinta-feira, 21, quando as ações da Hanergy ficaram suspensas para negócios, a companhia de painéis de energia solar declarou que suas operações funcionam normalmente. (Com informações da Dow Jones Newswires).

Mais conteúdo sobre:
Bolsa de valoresHong Kong

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.