Eneva: venda indireta de ações da Pecém é concluída

A Eneva informa que a alienação indireta de 50% das ações da Pecém II Geração de Energia para a DD Brazil Holdings S.à.R.L. foi concluída nesta segunda-feira, 14.

KARIN SATO, Agência Estado

14 de julho de 2014 | 20h21

A Eneva recebeu aproximadamente R$ 400 milhões por 50% das ações de emissão de Pecém II e pela cessão de parte dos créditos relacionados a um empréstimo intercompany concedido originalmente pela Eneva à Pecém II, como resultado da venda parcial dessa unidade. O negócio havia sido divulgado em 12 de maio.

A venda parcial de Pecém II é parte de um conjunto de medidas adotado pela Eneva para obter recursos adicionais e fortalecer sua estrutura de capital, que envolve a reestruturação de seu endividamento e um aumento de capital de até R$ 1,5 bilhão.

A empresa informa ainda que, com a venda parcial de Pecém II consumada, a Eneva e a E.ON se tornaram acionistas, cada uma com 50% de participação, de uma sociedade de propósito específico, a qual detém 100% das ações emitidas por Pecém II.

No contexto da transação, as partes se concederam opções de compra dos 50% remanescentes de Pecém II.

Tudo o que sabemos sobre:
EnevaPecém

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.