Equatorial estréia com alta, mas coordenadores lideram compras

A Equatorial Energia começou a ser negociadas hoje na Bolsa de Valores de São Paulo com forte alta. No fechamento, as units da companhia - certificado que corresponde a duas ações preferenciais e uma ordinária -- avançou 16,97%, para R$ 16,96. O volume financeiro foi o terceiro maior do dia, com R$ 109 milhões, atrás apenas das ações preferenciais da Petrobras e das preferenciais classe A da Companhia Vale do Rio Doce. Mas os principais compradores do papel foram justamente os coordenadores da oferta de ações: Credit Suisse e Pactual. A oferta registrou demanda de cinco vezes a oferta de papéis da empresa. A Pactual Corretora atuará como estabilizadora de preço durante três dias.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.