Estado de emergência acaba, mas Bolsa filipina cai

A Bolsa das Filipinas fechou em baixa, com realizações de lucro, após a presidente do país, Gloria Macapagal Arroyo, ter suspendido o estado de emergência decretado há uma semana no país, a partir de aviso de seus conselheiros de que a tentativa de golpe perdeu força. O índice PSE Composto caiu 0,34%, para 2.130,37 pontos. Na Coréia do Sul, o índice Kospi recuou 2,8%, refletindo as perdas de 5% da Samsung Electronics e de 4,8% da Hynix Semiconductor. Os analistas projetam ganhos fracos para essas companhias. Os demais mercados asiáticos registraram desempenhos divergentes. Em Hong Kong, o Hang Seng cedeu 0,51%. Na Indonésia, o Jacarta Composto subiu 0,93%, enquanto o índice KLSE, da Bolsa de Kuala Lumpur, caiu 0,31%. O Straits Times, de Cingapura, ganhou 0,53%, e o Taiwan Weighted, do mercado de Taiwan, cedeu 1,34%. O índice Thai Set, de Bangcoc, subiu 0,12%.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.