Estrangeiros compram menos títulos em dezembro

A participação de instituições financeiras estrangeiras na compra de títulos públicos diminuiu em dezembro. De acordo com dados divulgados pelo Tesouro Nacional, hoje de manhã, essas instituições compraram 23,43% do total de títulos emitidos pelo governo. Em novembro, adquiriram 32,28%. Já as instituições nacionais adquiriram em dezembro 76,57% dos títulos ofertados pelo Tesouro, enquanto em novembro compraram 67,72%. Um dos títulos mais adquiridos pelos bancos comerciais estrangeiros, em dezembro, foi a NTN-B (papel indexado pelo IPCA). Eles compraram 28,18% desses títulos. A maior participação dos estrangeiros foi na compra de NTN-F (papel prefixado de longo prazo), adquirido na totalidade por corretoras e bancos comerciais e de investimentos estrangeiros. Já os bancos de investimento estrangeiro adquiriram 29,34% das LTNs (papéis prefixados de 24 meses). Entre os nacionais, os bancos comerciais adquiriram 100% das LTNs de seis meses e 96,06% em LFTs de 54 meses.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.