Estrangeiros ficam com 52,75% da oferta da Magnesita

Oferta de ações da empresa atingiu R$ 278,602 milhões, ao preço de R$ 8,25 por ação

Fatima Laranjeira, da Agência Estado ,

24 de fevereiro de 2011 | 16h21

A oferta da Magnesita, com a distribuição primária 33,770 milhões de ações ordinárias, incluindo as do lote suplementar, teve participação majoritária de investidores estrangeiros, que ficaram com 52,75% do total dos papéis ofertados. A oferta de ações da empresa atingiu R$ 278,602 milhões, ao preço de R$ 8,25 por ação, sendo que o lote suplementar foi de 10% do total inicialmente oferecido.

Conforme o anúncio de encerramento da oferta, publicado hoje, 55 investidores estrangeiros adquiriram 17.815.028 ações. Isso inclui 1.575.000 ações adquiridas pelo Credit Suisse como forma de proteção (hedge) para operações com derivativos de ações realizadas no exterior. O segundo maior conjunto de participantes da oferta foi o de fundos de investimento: 85 deles compraram 30,36% ou 10.253.697 papéis.

Também participaram 1.620 pessoas físicas, que subscreveram 3.234.130 ações; 15 entidades de previdência privada compraram 1.360.880 papéis; 22 clubes de investimento, ficaram com 1.023.737 ações; e 25 pessoas jurídicas, com 82.528 ações.

O coordenador líder da oferta é o Itaú BBA ao lado do Credit Suisse (agente estabilizador).

Tudo o que sabemos sobre:
Magnesitaaçõesoferta

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.