Euro atinge nível mais alto em 6 meses ante o dólar

O euro atingiu nesta terça-feira, 20, seu nível mais elevado em seis meses ante o dólar, com os investidores se desfazendo de posições em moedas emergentes e recorrendo a ativos de risco mais baixo antes que o Federal Reserve (Fed, o banco central dos Estados Unidos) comece a diminuir o volume mensal de seu programa de compra de bônus.

Agencia Estado

20 de agosto de 2013 | 18h56

A atenção dos investidores está voltada para a divulgação, prevista para quarta-feira, 21, da ata da reunião de diretores do Fed realizada nos dias 30 e 31 de julho. Eles estão em busca de pistas que indiquem que o BC dos EUA considera que a economia do país está forte o bastante para que seja possível começar a diminuir as compras de bônus.

Diante da expectativa, o euro chegou nesta sessão a US$ 1,3453, nível mais alto desde 14 de fevereiro. No fim da tarde, em Nova York, o euro era negociado a US$ 1,3417, de US$ 1,3334 na véspera, e a 1,2310 euro por franco, de 1,2323 na véspera. O iene estava cotado a 97,26 por dólar, de 97,57 ienes por dólar na última sessão, e a 130,56 por euro, de 130,11 ienes por euro. A libra estava em US$ 1,5668, de US$ 1,5654 na véspera. O dólar estava em 0,9173 franco suíço, de 0,9242. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
moedas

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.