Euro cai à mínima em 11 meses ante dólar

Moeda caiu a US$ 1,3257, nível mais baixo desde maio de 2009, mas voltou a ser transacionada acima de US$ 1,33

Ricardo Gozzi, da Agência Estado,

22 de abril de 2010 | 18h33

O euro caiu em uma sessão na qual atingiu seu nível mais baixo em quase um ano ante o dólar, com os temores referentes à crise da dívida da Grécia voltando a agitar os mercados. O declínio do euro começou quando a agência de estatísticas da União Europeia (UE) divulgou que o déficit orçamentário grego foi pior do que o originalmente previsto - e que uma revisão do dado poderia resultar em um número ainda pior.

 

"Há um monte de manchetes pipocando por aí", comentou Brian Kim, estrategista cambial da UBS. "Isto apenas mostra o quanto as pessoas estão ansiosas à espera do próximo desdobramento" com relação à Grécia, prosseguiu.

 

Os temores com a situação da Grécia espalharam-se rapidamente para outras classes de ativos, prejudicando o desempenho de ações e de commodities e afetando negativamente moedas sensíveis ao crescimento. No entanto, uma recuperação do mercado de ações dos EUA durante a tarde ajudou os ativos de risco mais elevado, como o dólar neozelandês.

 

O euro chegou a ser cotado a US$ 1,3257, seu nível mais baixo desde maio do ano passado, mas voltou a ser transacionado acima de US$ 1,33, impulsionado por um comentário do comissário de Economia da UE, Olli Rehn, segundo o qual o auxílio financeiro à Grécia poderia ser desembolsado "imediatamente", se o país vier a pedir ajuda. No entanto, apesar dessa recuperação, a moeda comum europeia perdeu mais de 0,5% em relação ao dólar norte-americano no decorrer do dia.

 

O euro até chegou a ser brevemente cotado em alta, ultrapassando a marca de US$ 1,34 com a notícia de que a Grécia pediria um empréstimo de curto prazo enquanto são acertados os detalhes de um pacote oferecido pela UE e pelo Fundo Monetário Internacional (FMI), mas voltou a cair a seguir com o anúncio de que a agência de classificação de risco de crédito Moody's havia rebaixado os ratings soberanos da Grécia para A3.

 

No fim da tarde, em Nova York, o euro era cotado a US$ 1,3311, de US$ 1,3393 na quarta-feira; o dólar era negociado em alta a 93,56 ienes, de 93,19 ienes ontem; a libra caía a US$ 1,5389, de US$ 1,5408 ontem. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
moedasdólareuroieneGrécia

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.