Euro cede com Espanha recolocando sistema bancário europeu em foco

Moeda devolve lucros do pregão de sexta e cai para US$ 1,2357 na manhã desta segunda-feira

Cynthia Decloedt, da Agência Estado,

24 de maio de 2010 | 09h45

O euro opera pressionado na manhã desta segunda-feira, 24, mais do que devolvendo os ganhos de sexta-feira, quando fechou a US$ 1,2583.

Às 9h21 (de Brasília), o euro caía para US$ 1,2357 e o dólar subia para 90,26 ienes (89,64 ienes no fim do dia sexta-feira em Nova York). A libra esterlina cedia para US$ 1,4360, de US$ 1,4445 na sexta-feira em NY.

O sentimento é prejudicado pela notícia de que o Banco da Espanha interveio no pequeno banco de poupança CajaSur, recolocando em foco os riscos associados ao sistema bancário na zona do euro.

Por outro lado, traders consideraram positivos o início do diálogo estratégico entre os Estados Unidos e a China, que diminuem o risco de guerra comercial entre os países, e notícias de que a Alemanha pretende lançar um plano de austeridade fiscal em 2011. O anúncio do Reino Unido de proposta de corte de mais de 6 bilhões de libras no orçamento também foi bem-recebida. 

Os investidores agora voltam suas atenções para os indicadores norte-americanos que saem na manhã desta segunda. As informações são da Dow Jones.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.