Euro e bolsas europeias ficam praticamente inalterados após pedido de ajuda grego

Às 7h21, Londres (0,83%), Frankfurt (1,35%) e Paris (0,71%) operavam em alta 

Cynthia Decloedt, da Agência Estado,

23 de abril de 2010 | 07h41

O euro permaneceu praticamente nos mesmos níveis após o primeiro-ministro da Grécia, confirmar pedido para que o pacote de ajuda da União Europeia-FMI seja ativado, segundo a TV estatal grega. Os mercados acionários também mantiveram os ganhos que vinham registrando antes da notícia.

 

Às 7h21 (de Brasília), o euro operava a US$ 1,3311, levemente abaixo dos US$ 1,3317 de um pouco antes e também de ontem à tarde em Nova York, a US$ 1,3311. Londres registrava alta de 0,83%; Frankfurt subia 1,35% e Paris ganhava 0,71%.

 

O spread entre o rendimento dos bônus de 10 anos da Grécia e da Alemanha caiu para 532 pontos-base, após chegar em próximo de 600 pontos-base ontem. As informações são da Dow Jones

Tudo o que sabemos sobre:
Gréciaajudaeurobolsasrepercussão

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.