Euro recua ante o dólar com temores sobre Alemanha

Preocupações de investidores com o ritmo de crescimento da economia da Alemanha levaram o euro à mínima em três meses em relação ao dólar nesta sexta-feira, 23.

Agencia Estado

23 de maio de 2014 | 19h17

O euro se enfraqueceu após o dado de sentimento das empresas da Alemanha ter vindo abaixo do previsto. O número fraco se somou à expectativa dos investidores de que o Banco Central Europeu (BCE) tomará medidas para estimular a economia na sua próxima reunião de política monetária, em junho, o que pode pesar sobre o euro.

O índice de sentimento das empresas da Alemanha caiu para 110,4 em maio, de 111,2 em abril. O resultado ficou abaixo da previsão de analistas consultados pela Dow Jones Newswires, de recuo a 111,0. O recuo na confiança dos empresários contribuiu para o pessimismo dos últimos dias, após a divulgação de dados econômicos decepcionantes da zona do euro recentemente, como o índice dos gerentes de compras (PMI, na sigla em inglês) do setor industrial e o PIB do primeiro trimestre de 2014.

"Isso tudo está reforçando a percepção dos investidores de que o BCE irá flexibilizar a política monetária e cortar as taxas de juros em junho", disse Martin Schwerdtfeger, estrategista de câmbio da TD Securities. "Isso teve consequência no euro."

Apesar disso, a Alemanha anunciou hoje um crescimento ajustado de 0,8% nos três primeiros meses de 2014, na comparação com o trimestre imediatamente anterior, em linha com a estimativa anterior e com a previsão do mercado.

O dólar subiu ante o iene, depois de o presidente do Banco do Japão (BoJ, na sigla em inglês), Haruhiko Kuroda, expressar preocupação com a força da moeda japonesa em uma entrevista ao Wall Street Journal. Kuroda disse ver pouca razão para o iene se fortalecer ante as principais moedas, sinalizando preocupação de que uma valorização da divisa possa prejudicar a economia japonesa e o combate do banco central à deflação.

No fim da tarde em Nova York, o euro caía para US$ 1,3630, de US$ 1,3657 ontem, e tinha leve alta para 138,98 ienes, de 138,96 ienes ontem. O dólar, por sua vez, subia para 101,94 ienes, de 101,72 ienes, e avançava para 0,8960 franco suíço, de 0,8944 franco suíço. A libra caía para US$ 1,6832, de US$ 1,6874 ontem, e o dólar australiano estava cotado a US$ 0,9234, de US$ 0,9228 ontem. Fonte: Dow Jones Newswires.

Tudo o que sabemos sobre:
Moedas

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.