Euro sobe ante dólar e iene após acordo da UE

O euro subia 1,74% ante o dólar e 2,16% frente ao iene no fim da tarde da sexta-feira, estimulado por um acordo entre os líderes da União Europeia (UE) que atenuou o peso da incerteza em relação à crise bancária e à dívida na zona do euro.

RICARDO GOZZI, Agencia Estado

29 de junho de 2012 | 18h54

O acordo obtido em meio a dois dias de intensas reuniões entre os líderes da UE deve resultar na criação de um órgão de supervisão bancária e estender a instituições financeiras em dificuldade o mecanismo permanente de resgate da zona do euro.

Um dos objetivos imediatos do acordo é evitar que recaia sobre o governo da Espanha o resgate prometido aos bancos do país. Essa preocupação vinha elevando os custos de empréstimos para Madri para níveis recordes.

Analistas advertem que a alta registrada no dia pelo euro pode ter vida curta se os líderes europeus não conseguirem chegar a consenso sobre os detalhes da implementação do que foi acertado. Mas, num sinal de que o resultado da cúpula ajudou a acalmar um pouco os investidores, os yields dos bônus espanhóis de 10 anos giravam em torno de 6,3% na sexta-feira, de quase 7% na véspera, segundo a Tradeweb.

No fim da tarde, em Nova York, o euro era negociado a US$ 1,2660, de US$ 1,2444 na quinta-feira, e a ? 1,2013 por franco, de ? 1,2008 um dia antes. O iene estava cotado a 79,79 por dólar, de 79,46 ienes por dólar na última sessão, e a 101,00 por euro, de 98,86 ienes por euro na véspera. A libra estava em US$ 1,5705, de US$ 1,5518 no pregão anterior. O dólar estava em 0,9484 franco suíço, de 0,9463 franco na quinta-feira. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
câmbioeurodólarfechamento

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.