Euro sobe ante o dólar, mas foco é em reunião do BCE

Cautela já começa a crescer e alguns analistas afirmam que o rali do euro parece exagerado

Danielle Chaves, da Agência Estado,

31 de julho de 2012 | 09h18

O euro caiu para uma nova mínima histórica diante do dólar australiano e se aproximou do nível mais fraco em mais de duas décadas frente aos dólares canadense e neozelandês, mas subiu em relação ao dólar dos EUA, chegando a superar US$ 1,23. O mercado de câmbio segue focado nas decisões de política monetária do Federal Reserve, amanhã, e do Banco Central Europeu (BCE), na quinta-feira.

A moeda europeia caiu para 1,1645 dólar australiano enquanto os investidores favoreciam a divisa com retornos mais altos e ligada a commodities. Já o avanço para mais de US$ 1,23 foi resultado das vendas de dólar de fim de mês e da relativa calmaria nos mercados de bônus soberanos europeus.

Mas a cautela já começa a crescer e alguns analistas afirmam que o rali do euro parece exagerado. "A reunião do BCE é sem dúvida a maior variável que temos nesta semana", comentou Charles Diebel, estrategista do Lloyds Banking Group. "Os mercados estão se preparando para uma decepção e, tendo em vista o tamanho das expectativas sobre o BCE, há um claro risco de que esse seja mesmo o caso", acrescentou.

Indicadores econômicos também destacaram os desafios que a zona do euro enfrenta, como a taxa de desemprego recorde em junho e os fracos gastos dos consumidores na França.

Surgiram sinais de que o Banco Nacional da Suíça (SNB) está tendo dificuldades para diversificar os euros que comprou para evitar que o franco se valorizasse demais e a moeda da zona do euro caísse para menos de 1,20 franco. Dados indicaram que 60% das reservas internacionais do banco central eram compostas por euros no fim de junho, acima de 51% no fim de março.

Às 8h50 (de Brasília), o euro subia para US$ 1,2277, de US$ 1,2260 no fim da tarde de ontem, e para 95,95 ienes, de 95,83 ienes, enquanto o dólar tinha leve queda para 78,15 ienes, de 78,17 ienes. A libra operava a US$ 1,5670, de US$ 1,5710 ontem. O índice do dólar medido pelo Wall Street Journal estava em 71,731, de 71,770. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
mercadoeuro

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.