Euro sobe após Bernanke dar sinais de mais estímulos

O dólar perdeu força em relação ao euro após o presidente do Federal Reserve, Ben Bernanke, ter dito que o BC continua preparado para flexibilizar ainda mais a política monetária se for necessário. Bernanke afirmou que o Fed está disposto a usar seu balanço patrimonial para estimular a economia se o mercado de trabalho enfraquecer ou se as expectativas de inflação caírem abaixo da meta, indicando que outra rodada de compra de bônus para expandir a oferta monetária ainda é uma possibilidade.

PATRÍCIA BRAGA, Agencia Estado

25 de abril de 2012 | 18h58

No fim da tarde, em Nova York, o euro era negociado a US$ 1,3228, de US$ 1,3198 ontem. O iene estava cotado a 81,35 por dólar, de 81,32 ienes por dólar na última sessão, e a 107,50 por euro, de 107,31 ienes por euro na terça-feira. A libra estava em US$ 1,6164, de US$ 1,6134 na terça-feira. O dólar estava em 0,9092 franco suíço, de 0,9105 franco suíço na sessão anterior. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
eurobernankefechamento

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.