Euro sobe em dia de volume fraco

Às 9h53, euro subia para US$ 1,2311, de US$ 1,2269 no fim da tarde de sexta-feira; dólar avançava para 91,44 ienes, de 90,91 ienes; e euro subia para 112,59 ienes, de 111,68 ienes

Danielle Chaves, da Agência Estado,

31 de maio de 2010 | 09h53

Com os mercados dos EUA e do Reino Unido fechados por causa de feriados, o euro consegue se recuperar em meio a volumes fracos. Comentários otimistas feitos por duas autoridades do Federal Reserve tiveram pouco efeito sobre as negociações.

 

Charles Plosser e Charles Evans, disseram hoje na Coreia do Sul que a crise de dívida da Europa não teve grande impacto sobre a recuperação econômica dos EUA. As autoridades acrescentaram, no entanto, que surpresas ainda podem emergir e levar o Fed a adiar ou apressar sua eventual saída das políticas de estímulo econômico.

 

O dólar opera em alta diante do iene. Durante a madrugada, a moeda se valorizou conforme fundos de hedge e bancos de fora do Japão ajustavam suas carteiras antes de importantes reuniões de política monetária. A moeda norte-americana deverá subir ainda mais diante do iene se as reuniões do Banco da Reserva da Austrália e do Banco do Canadá, marcadas para amanhã, resultarem em alta dos juros.

 

O movimento levaria os investidores a saírem de ativos como o iene e irem para outros de maior risco, como o dólar australiano e o canadense, o que provocaria uma valorização da moeda norte-americana. O Banco Central do Canadá provavelmente se tornará amanhã o primeiro banco central do G-7 a elevar as taxas de juros básicas. O banco deverá elevar a taxa overnight em 0,25 ponto porcentual, segundo uma pesquisa com 12 economistas feita pela Dow Jones.

 

Às 9h53 (de Brasília), o euro subia para US$ 1,2311, de US$ 1,2269 no fim da tarde de sexta-feira. O dólar avançava para 91,44 ienes, de 90,91 ienes, enquanto o euro subia para 112,59 ienes, de 111,68 ienes na sexta-feira. A libra operava a US$ 1,4516, de US$ 1,4452, e o dólar era cotado a 1,1566 franco suíço, de 1,1586 franco. O índice do dólar estava em 86,625, de 86,675. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
eurodólarienelibra

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.